Pular para o conteúdo
Início » Artigos » Capacete aberto é permitido em rodovias? Descubra a seguir!

Capacete aberto é permitido em rodovias? Descubra a seguir!

Compartilhe:

Capacete Aberto é Permitido em Rodovias? Descubra a seguir!

Quando se trata de segurança no trânsito, especialmente para motociclistas, o uso do capacete é uma das medidas mais importantes e obrigatórias. Todavia, uma dúvida recorrente entre os motociclistas é se o capacete aberto é permitido em rodovias.

O Que Diz a Legislação Brasileira?

A legislação brasileira sobre o uso de capacetes é clara e específica. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o uso do capacete é obrigatório para motociclistas e seus passageiros. Entretanto, a lei não faz uma distinção direta entre capacetes abertos e fechados. O que importa é se o capacete atende às normas de segurança estabelecidas.

Normas de Segurança para Capacetes

O capacete deve seguir algumas especificações técnicas para ser considerado seguro e adequado. Segundo a Resolução nº 453 do Contran, de 26 de setembro de 2013, os capacetes devem:

  • Ter a certificação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).
  • Ter uma viseira ou óculos de proteção.
  • Conter elementos refletores nas partes laterais e traseira.
  • Estar em boas condições, sem avarias que comprometam sua funcionalidade.

Capacete Aberto Versus Capacete Fechado

Embora a legislação brasileira não proíba o uso de capacetes abertos, também conhecidos como capacetes "tipo jet", em rodovias, é essencial entender as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Vantagens dos Capacetes Abertos:

  • Maior ventilação e conforto térmico.
  • Melhor visão periférica.
  • Facilita a comunicação sem a necessidade de remover o capacete.

Desvantagens dos Capacetes Abertos:

  • Menos proteção facial em caso de acidentes.
  • Maior exposição a elementos como vento, chuva e poeira.
  • Menor isolamento acústico.

Por outro lado, os capacetes fechados, também conhecidos como capacetes integrais, oferecem uma maior proteção, cobrindo integralmente a cabeça e o rosto do usuário, o que pode ser um diferencial em situações de maior risco, como em alta velocidade em rodovias.

Requisitos Adicionais para o Trânsito em Rodovias

Além do capacete, há outros cuidados e requisitos que os motociclistas devem seguir ao trafegar em rodovias. Abaixo uma tabela para facilitar a compreensão:

Requisito Descrição
Habilitação O motociclista deve possuir a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria adequada (A ou AB).
Equipamento de segurança Uso de luvas, jaqueta com proteções, calçados apropriados e, claro, o capacete adequado.
Faróis acesos O Código de Trânsito Brasileiro exige que motocicletas transitem com os faróis acesos, mesmo durante o dia.
Manutenção da motocicleta A motocicleta deve estar em boas condições mecânicas, com revisões em dia e pneus em bom estado.
Respeito aos limites de velocidade O limite de velocidade deve ser sempre respeitado e ajustado conforme as condições da pista e do clima.

Capacetes Abertos em Rodovias: Prós e Contras

Assim como qualquer equipamento de segurança, a escolha entre capacete aberto e fechado deve considerar diversos fatores. Vamos analisar um pouco mais os prós e contras de utilizar capacetes abertos em rodovias:

Prós:

  1. Conforto: Em viagens longas, especialmente em climas quentes, capacetes abertos podem oferecer maior conforto.
  2. Visibilidade: Permite um campo de visão mais amplo, facilitando a percepção de veículos e pedestres nas laterais.
  3. Facilidade de Comunicação: Ideal para quem precisa conversar frequentemente, seja por trabalho ou outras necessidades.

Contras:

  1. Segurança: Menos proteção em caso de acidente, especialmente na área do rosto.
  2. Clima: Maior exposição a intempéries como vento, chuva, e insetos que podem comprometer a condução.
  3. Ruído: Maior exposição ao ruído do vento e motores, o que pode causar desconforto auditivo em viagens longas.

Avaliando a Segurança

Estudos demonstram que a maioria das lesões em acidentes de motocicleta ocorre na região do rosto. Portanto, um capacete fechado pode oferecer uma proteção mais abrangente e eficiente em rodovias, onde geralmente a velocidade é mais alta e o risco de acidentes pode ser maior.

Outras Considerações na Escolha do Capacete

Para além do tipo de capacete, os motociclistas devem considerar outros fatores importantes na escolha do equipamento:

  • Tamanho e Ajuste: O capacete deve ajustar-se perfeitamente à cabeça do motociclista, proporcionando conforto e segurança.
  • Material: Capacetes fabricados com materiais de qualidade, como fibra de carbono e Kevlar, tendem a oferecer melhor proteção.
  • Viseira: A viseira deve ser resistente a riscos e oferecer proteção contra raios UV.
  • Sistema de Fecho: O sistema de fecho deve ser seguro e fácil de manusear, mesmo com luvas.

Dicas para Motociclistas em Rodovias

Para garantir uma viagem segura e tranquila em rodovias, além de escolher o capacete adequado, seguem algumas dicas úteis:

  1. Verificação Pré-viagem: Antes de sair, verifique pneus, freios, níveis de óleo e outros itens essenciais da motocicleta.

  2. Planejamento: Planeje sua rota com antecedência, identificando postos de gasolina, paradas de descanso e pontos de apoio.

  3. Descanso: Faça paradas regulares para descansar e hidratar-se, especialmente em viagens longas.

  4. Roupas Adequadas: Use roupas apropriadas para motociclistas, com proteções em pontos chave como cotovelos, joelhos e coluna.

  5. Concentração: Esteja sempre atento ao trânsito e mantenha uma distância segura dos outros veículos.

Conclusão

A questão de usar um capacete aberto em rodovias vai além da permissão legal; envolve considerações de segurança, conforto e funcionalidade. Embora a lei permita o uso de capacetes abertos, é fundamental que o motociclista esteja ciente das vantagens e desvantagens e tome uma decisão informada.

Em rodovias, onde as velocidades tendem a ser mais altas e os riscos, consequentemente, maiores, o uso de um capacete fechado pode oferecer uma proteção adicional que, em muitos casos, pode ser crucial. Contudo, respeitando as normas de segurança e optando por um capacete certificado pelo Inmetro, o motociclista pode transitar de maneira legal e relativamente segura, independentemente do modelo escolhido.

Lembre-se sempre: a segurança deve ser prioridade máxima na escolha de qualquer equipamento para motociclistas. Portanto, escolha o capacete que melhor atenda suas necessidades, mas que também assegure a proteção essencial para uma viagem tranquila e segura.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *